sábado, novembro 18, 2006

1997/98 - Gaston Taument - 20J 1G

Nunca é de mais referir que grande parte dos que aqui têm aparecido chegaram rotulados de craques (grande parte, não todos, não creio que tenha passado pela cabeça de ninguém rotular de craque o King...), este como é óbvio não foi excepção.
Com presença num Mundial (1994) e Europeu (1996), e vindo de uma época em grande no Feyenoord, foi desastroso na Luz, nenhum rasgo, pouca disponibilidade, e o mais que conseguiu foi iniciar o fim da sua carreira. Marcou para a Taça ao Rio Ave na Luz, e ficou-se por aí, saindo do clube ainda antes do final da época sem deixar saudades. A memória que fica é a guedelha longa, a incapacidade para desiquilibrar e a forma rápida e eficaz como foi despachado em Fevereiro de 1998. Fez 16 jogos para o Campeonato, 2 para a Taça Uefa (o Benfica foi eliminado pelo Bastia...) e mais 2 para a Taça de Portugal. Nunca conseguiu, realmente, deixar de ser mais do que um capricho de Manel "Eu é que sou o maior" José.

Depois, passagens igualmente desastrosas por Anderlecht, Ofi Creta e por fim Rapid Viena, terminando a carreira na época 2001/02.

5 comentários:

T-Rex disse...

Bom jogador, mas tempos "amaldiçoados"...

Vedeta ou Marreta ?

Müs disse...

Com uma testa daquelas devia ser fera nos cabeceamentos...

joao_mgv disse...

este Tinha bons dribles, era como o glenn helder

Bruno V. disse...

Tal como disse com o Glenn, faltou paciência para com estes jogadores. Chegaram numa fase muito conturbada do clube e por isso não singraram. mas tinham muito qualidade, o seu historial fala por eles.

Anónimo disse...

Eu uma vez vi este jogador a cometer um penalti sobre si mesmo!