domingo, fevereiro 18, 2007

1998/99 - Gary Charles - 4J 1G

Na era dos Britânicos na Luz poucos se safaram e a grande maioria era na realidade um enorme barrete. No caso de Gary Charles, chegou á luz com uma folha de serviços relativamente interessante, mais de 100 jogos na Premier League, uma perna facturada a Gascoigne (na realidade deve ser por isso que mais é lembrado, para além dos restantes problemas judiciais), duas vezes internacional, e um fiasco no Benfica, nunca foi alternativa a ninguém, e na verdade a sua estadia no clube resume-se a um mês, estreou-se em Março despediu-se em Abril. Depois regressou a Inglaterra para prencher o curriculo criminal, enveredou pelo alcoolismo e talvez por isso começou uma carreia de presidiário, preso por conduzir embriagado, saiu em liberdade condicional, mas cortou a pulseira electrónica para passar férias no estrangeiro. Está neste momento detido por violar a liberdade condicional. Além de Benfica, jogou no Nothingam Forrest, Leicester City, Aston Villa, West Ham e Birmingham City.

5 comentários:

T-Rex disse...

Este não foi flop foi mesmo BÊBADO!

Vedeta ou Marreta ?

Müs disse...

Há altura do benfica, sim senhor. Este e o Michael Thomas.

joao_mgv disse...

este foi mesmo fraco faz lembrar aquele buturovic do porto

Bruno V. disse...

Um jogador com cartel em Inglaterra, internacional inglês, era muito melhor que por exemplo o Harkness que chegou ao mesmo tempo mas para jogar na esquerda. Não deixou saudades no Benfica mas não era mau de todo. apenas não tinha perfil de jogador de futebol.

dr.RDR disse...

Quase aposto que ele e o Gazza já fizeram as pazes e foram tomar uma(s) bejeca(s). E não foram poucas...