domingo, agosto 05, 2007

1998/00 e 2001/2002 - Hugo Porfírio - 18J 2G

Hugo Porfírio faz parte do vasto de rol de jogadores portugueses (e curiosamente quase todos da mesma geração) que se constitui como uma grande promessa, "para o ano é que eu me afirmo", mas que invariavelmente se arrastam pelos relvados até desaparecerem das primeiras ligas e se dedicarem de vez aos eventos sociais enquanto fazem uma "perninha" num clube das divisões secundárias.


Porfírio tinha qualidade, mas por um motivo ou por outro, nunca se impôs em nenhum clube, nem mesmo nas suas incursões por Inglaterra e Espanha, onde não deixou grandes saudades.

A dada altura da sua carreira, ainda com o estatuto de grande promessa bem colado ao corpo, participou no fiasco que foi o Austrália 93 (2J 0G) , em Sub-20, selecção onde se encontravam também outras promessas, como Bambo, Poejo, Pedro Henriques, Costinha (GR) e Litos. Em 1996, e depois de uma época interessante ao serviço da União de Leiria, foi surpreendentemente convocado para o Europeu em Inglaterra, onde jogou 14 minutos contra a Turquia. No Benfica, é dificil de adjectivar o que realmente Porfírio fez.




Em três épocas, 6 jogos em cada uma delas, 2 golos para a Taça de Portugal, e um jogador sempre fora das opções dos diversos treinadores que apanhou (Graeme Souness, Sheu Han, Jupp Heynckes e Jesualdo "tenho medo dos adeptos" Ferreira), fazendo sobretudo carreira na equipa B do clube onde, aí sim, era presença assídua.



Antes de chegar á Luz, Sporting, Tirsense, U. Leiria, West Ham, Racing Santander, Nothingam Forest, depois Marítimo, Al Nassr, 1º Dezembro, Oriental e Pinhalnovense onde jogará a época 2007/08.

9 comentários:

T-Rex disse...

Bom jogador mas grande flop no Benfica sendo que era dos jogadores com melhor contrato no plantel.

Ricky_cord disse...

Tinha um excelente pé esquerdo, mas a "cabecinha" impediu-o de se tornar num grande jogador. Os tiques de vedeta apareceram logo no Mundial de 93 quando apareceu com um corte de cabelo diferente em cada jogo

Águia de Prata disse...

Ainda me lembro da conferência de imprensa em que se apresentou aos sócios. Este menino apoia o cotovelo na mesa, a cabeça sobre a mão e solta um despreocupado "Não tenho nada a provar a ninguém. As pessoas conhecem o meu valor". Parece que se enganou. E ficou muito por provar.

N.M disse...

Prometeu muito mas depois ficou-se pelas palavras!!!Nunca se conseguiu impor no SLB!!!!
Um flop.....
abraço

Alvaro Magalhaes disse...

Mas sempre fez optimos contractos, so ele e o DANI.

Anónimo disse...

Na altura foi o jogdor mais caro de sempre do Racing Santander, e no Nothingam jogou com o melhor dispensado da Historia do glorioso um tal de Pierre que nessa época até esteve de greve

Anónimo disse...

Hugo Profirio foi uma vitima do futebol Português, fase a instabilidade vivida pelo mesmo na sua altura.
Limbro-me prefeitamente de o ver jogar com mais estabilidade teria sido melhor que Cristiano Ronaldo por exemplo.

çigan disse...

"Hugo Profirio foi uma vitima do futebol Português, fase a instabilidade vivida pelo mesmo na sua altura.
Limbro-me prefeitamente de o ver jogar com mais estabilidade teria sido melhor que Cristiano Ronaldo por exemplo."

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH!!!! :')

Bruno V. disse...

Foi o que toda a gente sabe: um grande flop em todo o lado onde passou, menos em Leiria. No Marítimo em 00/01 teve uma oportunidade de ouro para se regenerar. Deixou fugi-la mais uma vez ao primar pela irregularidade e pelo mau comportamento, com diversas expulsões à mistura. Acabou como se sabe.