domingo, dezembro 02, 2007

2000/01 - Ivan Dudic - 24J 0G

Hoje em dia, Ivan Dudic é, quase unanimemente, reconhecido como um dos piores jogadores que passou pelo Benfica nas últimas decadas, estou no entanto convencido de que se Mourinho não tem saído como saiu a meio da época 2000/01, este seria hoje recordado de forma diferente. Aparentemente Mourinho apostava nele (também porque não tinha mais ninguém para o lugar), utilizando-o em 5 dos 11 jogos que comandou o Benfica, mas sobretudo Dudic fazia parte daquele que começava a ser o onze base de um Benfica em crescendo (culminando aqui), que caíria a pique até ao desastroso final (6º lugar, derrota em alvalade 0-3, com Alverca 0-2, com Gil Vicente 0-3, empate com Salgueiros 1-1 e com o Desp. das Aves 4-4).
Em apenas uma época Dudic (esteve várias épocas ligado contratualmente ao clube, mas entre empréstimos e presenças na equipa B), teve 3 treinadores, Jupp Heynckes (3 jogos), Mourinho (5 jogos) e Toni (16 jogos).




Fica também um desentendimento com Van Hooijdonk (a propósito, jogador extraordinário) durante um jogo com o Alverca, que levou Toni, a perder (0-1) ao intervalo, a deixar o holandês no balneário... derrota por 0-2... golos de Rui Borges e... Ivan Dudic na própria baliza!!



Internacional pela Jugoslávia, com presença no Euro 2000, foi contratado pelo Benfica por indicação de Zoran Filipovic, que no entanto sempre foi avisando "Aguenta bem os 90 minutos sempre a atacar e a defender. Creio que faz bem as duas funções. Não é fácil, contudo, entrar nesta altura num clube como o Benfica. Aquela camisola pesa." Confirma-se.
Demonstrou sempre enormes dificuldades em se impor na equipa benfiquista, fraco a defender, e, sobretudo, demonstrando uma incapacidade gritante em lidar com a pressão de jogar no Estádio da Luz. Em resumo, não era rápido, não era agressivo, não era bom a defender, não esteve muito tempo na Luz.


Ainda como jogador do Benfica, foi emprestado ao Estrela Vermelha, e ao FK Rad Belgrado, esteve na equipa B Benfiquista, antes de ser definitivamente dispensado ingressando no Mons, depois FK Bezanija, Zalaegerszegi da Hungria, joga actualmente no Újpest FC também da Hungria.

5 comentários:

FanBlog Admin disse...

bom blog!..continua a apresentar-nos os grandes flops que passaram pelo Benfica...saudações benfiquistas!

T-Rex disse...

Rivaliza com Samuel Okunowo pelo título de Rei dos Flops na lateral direita.

O gajo até fez uns joguitos jeitosos na selecção da Jugoslávia mas depois... flop!

Vedeta ou Marreta ?

LF disse...

"O apuramento do F.C.Porto para os oitavos-de-final da Champions League foi justo e meritório, além de extremamente positivo para o futebol português. Quanto a isso estamos conversados.
Este facto tem contudo levado a generalidade dos analistas, sempre peremptórios e definitivos, mas nem sempre na mesma medida rigorosos, a incorrer numa mistificação de importa desmontar. Fará em Maio próximo quatro anos que o F.C.Porto de Mourinho se sagrou campeão europeu em Gelsenkirchen, mas daí para cá, neste passado ainda bastante mais recente, o Benfica tem tido melhor desempenho na Europa que os dragões, é a equipa portuguesa com melhor performance europeia, e é inclusivamente o Sporting, muito fruto da sua final de 2005, que surge na segunda posição desta pequena estatística comparativa. Pode parecer estranho – dado o foguetório mediático em torno das “crises” do Benfica e do Sporting, e dos “feitos” do F.C.Porto -, mas os números assim o demonstram.
Neste período de quatro temporadas (2004-2008) o F.C.Porto nunca passou dos oitavos-de-final. O Benfica não só esteve nos quartos-de-final da Champions de 2005-06 , como na época seguinte voltou a chegar a essa fase, mas na Taça Uefa, prova em que o Sporting foi finalista em 2004-05. Se olharmos aos pontos alcançados por uma e outra equipa nas provas europeias, a diferença é esmagadora: o Benfica fez quase o dobro da pontuação do F.C.Porto, ou seja 68 pontos para 37 respectivamente (44 do Sporting). Também em golos marcados ou em jogos jogados a superioridade é clara.
Naturalmente que isto se reflecte no próprio ranking oficial da UEFA. Para a época 2008-2009, no ranking previsional (falta obviamente terminar a presente temporada), o Benfica é o único dos clubes nacionais que figura no top-20, designadamente em 17º lugar. O F.C.Porto é 25º e o Sporting 28º.
Mas se a dúvida do leitor se prende com a qualidade dos adversários que Benfica e F.C.Porto enfrentaram neste período, diga-se que, se os portistas enfrentaram Chelsea (2), Liverpool, Inter (2) e Arsenal, o Benfica teve de se haver com Manchester (2), Liverpool, Barcelona e Milan, e o Sporting com Roma, Manchester, Inter e Bayern.
Aqui está a prova de como o mediatismo de certas ideias nem sempre resiste a uma análise factual e objectiva."

In www.vedetadabola.blogspot.com

Júri Faustino disse...

Tenho apenas a dizer que o Dudid que está no APOP (Chipre) não é este.
Confirmei-o com um amigo que joga lá. E não é o Calado!!
Abraço e parabéns pelo excelente blog

Bruno V. disse...

Quem é esse amigo, oh Júri? Queria ver se conhecia. Dudic foi um caso de pura inadaptação ao futebol português e ao Benfica. No Euro 2000, mesmo antes de chegar, fez os jogos todos na Jugoslávia como titular. Um pouco à semelhança de Ibarra no Porto, se bem que este depois fez uma carreira muito melhor. Dudic foi sempre a descer.