sábado, agosto 12, 2006

1994/95 - Clóvis - 2J 1G

Mais um caso curioso, no Brasil era considerado um jogador respeitável com passagens por alguns dos melhores clubes brasileiros, chegou ao Benfica como mais um jogador Parmalat, saiu não me lembro porquê, mas não devia ser por abundar a qualidade. A verdade é que é estatisticamente um dos mais produtivos jogadores do Benfica no campeonato, 1 golo (ao Beira-Mar) a cada 17 minutos.


Também é verdade que não jogou mais. A pergunta que me apetece fazer é, para quê? o que esteve ele a fazer no Benfica? A verdade é que regressou ao Brasil, passagens por Corinthians, Vasco, Santos e Atletico Paranaense, e por lá continua a jogar nos distritais, no Caldense.

8 comentários:

Johnny disse...

Recorda alguns dos piores jogadores que estiveram pelas Antas/Dragão em www.dragoessemchama.blogspot.com

joao_mgv disse...

este era dos bons, nem podia com a bola...

Anónimo disse...

Lembro-me do golo dele, pode-se dizer que era o rei dos ressaltos

Bruno V. disse...

A verdade é que ele jogou apenas esses 17 minutos no 1º jogo do campeonato, com o Beira-Mar, e não voltou a jogar. Pergunto-me porque veio, então. Não mostrou ser mau nesses minutos, até porque marcou o golo da vitória num jogo que estava muito complicado. Inexplicável.

SusumuBenfica disse...

Parece que na época Edilson e Clóvis se atrasaram no regresso a Lisboa depois de viagem ao Rio de Janeiro, foram multados em 1500 contos, além de ficarem de fora do jogo contra o Setúbal da 3ª Jornada.

Edilson comeu e calou, com o sucesso e os golos que se lhe reconhece.

Clóvis confessou-se injustiçado, e "Rei" Artur nunca mais o pôs a jogar...

Bruno V. disse...

Não te quero desmentir, mas acho que em relação a essa situação estás equivocado pelo menos no que respeita ao Edilson, que além de ser um jogador correctíssimo que levou o Benfica no coração, só chegou á Luz em Dezembro. Com o Clóvis chegou o Paulão, acho eu. Portanto o Edilson não podia ser castigado logo à 3ª jornada. Este Clóvis depois em Janeiro foi emprestado ao Vitória de Setúbal e nunca mais se ouviu falar nele. Mas pelo menos ficou com uma eficácia que fica para a história.

SusumuBenfica disse...

O Edilson estreou-se no Benfica logo na 1ª jornada da época 1994/95 contra o Beira Mar em Torres Novas no dia 21 de Agosto de 1994.

Mas só começou a marcar e a jogar com maior regularidade a partir de Dezembro, daí a ideia que muita gente tem de que ele só chegou nessa altura.

De Agosto a Dezembro fez 5 Jogos e 0 Golos.

De Dezembro a Maio fez 26 Jogos e marcou 17 Golos.

Bruno V. disse...

Ok, se o dizes acredito. Não tinha mesmo essa noção, porque só me lembro dele a partir de Dezembro/Janeiro.