domingo, agosto 10, 2008

2002/04 - Cristiano Roland - 29J 1G

O Fascínio do Benfica por jogadores medianos que fazem uma boa época em clubes de menor dimensão devia ser caso de estudo. Cristiano Roland, tinha na equipa do Beira-Mar um papel regular, não era sequer cabeça de cartaz, não deslumbrava por aí além, (fez dois golos ao Porto, o que reverte ligeiramente o chavão "se marcas ao Benfica arriscas-te a lá jogar"), mas lá está, fez um época acima do normal.

Vindo de duas épocas desastrosas, fora das competições europeias, a assistir a mais uma razia de entradas e saídas, o Benfica era pouco mais do que uma boa memória, com uma equipa de futebol de qualidade reduzida e sem capacidade para fazer melhor, no entanto as contratações de inicio da época 2002/03 não pareciam (e não foram como se provaria) fazer reverter a situação.

Cristiano era aparentemente um defesa central, embora no Benfica fosse quase sempre defesa lateral esquerdo, vinha com fama de bom marcador de livres, embora o único golo oficial com a camisola encarnada tenha sido de cabeça frente ao Rio Ave na Luz.

Na época de estreia, a desconfiança com o reforço foi aumentando, e é curioso perceber-se que só após a saída de Jesualdo (o homem responsável pela sua contratação) e a entrada de Camacho o Brasileiro começou a ser utilizado com mais regularidade. O Benfica terminaria em 2º, e Cristiano passou despercebido e com o Terceiro Anel "á perna".

Camacho era fã de Cristiano (ou talvez não, uma vez que tentou despachá-lo para Braga, mas acabou por voltar atrás), o Espanhol foi responsável pela insistência em fazer alinhar o Brasileiro, e este faz em 2003/04 uma pré temporada goleadora, com golos de livre, de cabeça, etc, num total de 4 golos. Com o falhanço (habitual) na contratação de um lateral esquerdo, Cristiano acabou por ficar na Luz, fazendo mais uma época demasiado medíocre.


Em 2004/05, após a saída de Camacho, Cristiano é finalmente dispensado ingressando por empréstimo no Belenenses, não sendo muito feliz, regressa á Luz em 2005/06, mas sem lugar no plantel de Koeman reforça a equipa B, antes de rumar ao Juventude da 3ª divisão Brasileira. Passou depois por aventura na Grécia ao serviço do Atromitos. Em 2008, iniciou aventura asiática ao serviço do T&T Ha Noi da 2ª liga Vietnamita, onde o "Rei" é o Português Henrique Calisto seleccionador nacional. Em 2008/09, regressou a Portugal e ao Beira Mar.


Jogou no inicio de carreira no Vasco da Gama e no Grémio de Porto Alegre.

10 comentários:

Dogus disse...

Dói-me a alma só de pensar nele...

Camilo disse...

Bom... pelo menos este ano,
espero um "record" de... "flopes".
(sem malícia...)
SAUDAÇÕES LEONINAS!!!

Peter Gunn disse...

Assim eu tivesse dinheiro como aquele que o Benfica já gastou até hoje só nos ordenados de tanto jogador emprestado... Nunca mais na vida fazia nada... nem eu nem os meus filhos e netos que ainda estão para nascer!

Acho que o problema do Benfica é sem dúvida querer encontrar em qualquer preto que marque um golo um novo Eusébio.
Em cada jogador de uma equipa pequena um novo Chalana...

Enfim... vamos esperar que com o Rui Costa os problemas de oftalmologia terminem de vez e os olheiros vejam mais que 5 min de um jogo antes de contractar seja quem for!

Captain Kid disse...

naquela altura havia muitos jogadores medíocres no slb, o cristiano foi simplesmente mais um.

um fernando aguiar, por exemplo, teve assim a oportunidade da sua vida, já que, noutras alturas, era impossível pensar no seu ingresso na luz. mas este, pelo menos, compensou a sua falta de talento com muita, mesmo muita, garra. até sinto saudades dele.

@Sususmu: o "flops do benfica" foi incluido na minha lista de blogs úteis. espero que nao te importas.

kid
http://somosbenfica.blogspot.com/

quartoarbitro disse...

Esta época está de regresso o Levado ao Colo com a análise às arbitragens dos jogos dos 3 grandes em http://levadoaocolo.blogspot.com/

Casos da Bola disse...

Parabéns aos autores do Blog. Está aqui um excelente trabalho.

Quanto a este flop, que mais há a dizer? Apenas que foi mais um que teve a sorte de jogar num grande clube portugês, sem saber bem como tal foi possível.

Já agora, aproveito para lançar o desafio de visitarem o meu Blog: http://www.casosdabola0809.blogspot.com/

Espero-vos por lá!

Anónimo disse...

Este encheu o olho aos adeptos com uma finta mirabolante no jogo de apresentação contra o Grémio. Nada mais.

Bruno V. disse...

Um grande flop, na minha opinião. Sem ponta de qualidade para jogar no Benfica. bom para clubes de média dimensão.

MC disse...

Bom jogador no Beira Mar

Os responsáveis pelo Benfica devem ter confudido Cristiano Roland com Cristiano Ronaldo :)

MC disse...

confundido :)