domingo, novembro 23, 2008

2004/05 - Yannick Quesnel - 1J 0G

O Tipico guarda-redes de "engate" tem história no futebol português, são normalmente guarde-redes que necessitam de jogar numa equipa pequena e que esteja constamente a ser bombardeado com remates durante todo o jogo. São, portanto, jogadores que necessitam de estar sempre em constante actividade. Tudo isto é normal (então contra o Benfica o que não falta são exemplos de "Guarda - Redes de Engate") o que não é tão normal assim é um clube reconhecidamente candidato a ganhar tudo apostar mesmo na contratação deste tipo especifico de jogador.



Quando Yannick Quesnel chegou a portugal, para actuar na Naval 1º Maio (na altura na 2ª Liga), ninguém vaticinou que iria, em poucos anos, tornar-se num dos guarda-redes mais elogiados do "Campeonato Português dos Jogos Que Dão Na TV", nunca a expressão "Pronto... este já engatou" assentou tão bem num jogador. E a verdade é que o Francês de Libourne ajudou e de que maneira o Alverca (duas épocas na primeira e uma na segunda liga) a bater o pé aos Grandes... mas só isso, o verdadeiro Yannick via-se nos jogos frente a equipas do mesmo valor, e aí a irregularidade era evidente.


Luís Filipe Vieira, parecia querer a todo o custo no seu plantel benfiquista o francês, que foi dado como sucessor de Enke em 2002/03, mas só chegaria ao clube dois anos depois.



Trappatoni iniciou a época com muitas dúvidas, com um plantel com muitas caras novas, era na baliza que a maior delas surgia com a contratação de Quim e a permanência de Moreira, e a entrada de Yannick. O italiano só estabilizou as suas ideias muito tempo depois, mas no ínicio da época oficial ficou claro que a sua aposta era... Yannick. O Benfica estava, sabe-se agora, a caminho de ser campeão, mas estava também a caminho de ser eliminado á primeira na Liga dos Campeões.



E a estreia de Yannick foi também a sua despedida oficial, Benfica - Anderlecht (1-0 golo de Zahovic), não sendo uma exibição fraca, não deixou de demonstrar falta de adaptação á realidade onde se encontrava, sendo uma das imagens que mais marcou esse jogo, Yannick a demorar eternidades para bater pontapés de baliza com o resultado em 1-0 e ainda na 1ª parte.
No final Lovre, jogador dos belgas lançou frase definitiva "Guarda-redes parece-me fraco", e assim foi, Yannick não voltou a jogar no Benfica, sendo apenas suplente não utilizado no jogo da 2ª mão (onde levámos 3-0), na taça uefa frente ao Bystrica, e no campeonato frente ao futuro clube o Estoril. Na taça de Portugal, suplente também frente a Oriental e Oliveirense.
~
No Benfica, Yannick esteve apenas 6 meses, embora só rescindisse contrato com clube em Agosto de 2006. Ingressou depois por Empréstimo no Estoril, onde só fez 8 jogos.

No final da época foi emprestado ao Marselha onde não chegou a jogar, passando depois para o Mónaco de Boloni.

11 comentários:

Captain Kid disse...

finalmente um novo post! =)

já nao me lembrava do yannick... o (quase) sucessor de enke

Anónimo disse...

Desse jogo lembro-me claramente, estando eu no estádio, do Yannick segurar um remate fraco do anderlecht e mandar-se para o chão agarrado à bola durante um tempo que parecia eterno. Resultado: monumental assobiadela

hugo disse...

ese post nao teve muito piada mas tb so keria dizer ke o quim e do mesmo nivel desse yannik ou ozinikov ou bossio e enquanto o benfica nao tiver um guarda redes da classe do preud homme nao vai a lado nenhum

SusumuBenfica disse...

Hugo, discordo em absoluto, mas são opiniões. Mas não me parece que o Quim mereça ser comparado com o Yannick. Do nível do Preud'homme será dificil termos um nos tempos mais próximos.

Jericho disse...

Boas, gostava que adicionasses o meu blog, o Coisas de Futebol, aos vossos links...

O link é http://awp-coisasdefutebol.blogspot.com/

Depois vai lá avisar sff que é para também vos colocarmos nos vossos links

Captain Kid disse...

lá estão os antis, que só falam quando é pra criticar.

Anónimo disse...

tb quase nunca jogou. como é que podemos considera-lo um flop! nunca sofreu um frango no Benfica!

Bruno V. disse...

Foi um flop porque não teve oportunidade para mais. Se fez essas perdas de tempo é porque tinha autorização expressa do treinador para isso. E só começou a época a titular porque o Moreira estava nos Jogos Olímpicos com Portugal. Ele era o 1º guarda-redes de Trap e Quim e yannick disputavam o 2º posto. Depois de Moreira chegar a baliza foi dele. Até ao fatídico jogo em Belém. Se bem que na minha opinião ela ficou melhor entregue ao Quim, bem melhor que Moreira.

Anónimo disse...

se calhar o yannick é mais parecido com o patrico do que propriamente com o quim

Anónimo disse...

O Patricio é so o melhor guarda-redes portugues da actualidade.

Anónimo disse...

estive de férias em Itália no Verão de 2007 e encontrei por lá o Yannick. Disse-me na altura que o seu clube é o Benfica, que foi espectacular ser campeão naquele ano, e a verdade é que sabia tudo sobre o Benfica da altura (foi ele que me contou que o Camacho tinha sido contratado na véspera). Penso que não deveria ser considerado um flop, uma vez que cumpriu quando foi chamado , além de ter sido contratado para 3ª opção.